Virtual Challenge eSports

O seu desafio no Automobilismo Virtual é aqui!

Adriano Pinheiro é o campeão do Indy Challenge 2021

Finalmente chegamos na última etapa da Indy Challenge, o maior campeonato de Indy virtual do Brasil, que é organizado pela Virtual Challenge e-Sports e transmitido ao vivo no Youtube do Bandsports. O palco não podia ser outro: o oval de Indianapolis e em formato de 500 MIlhas. Os pretendentes ao titulo? Adriano Pinheiro, Rodrigo Franzoni, Victor Del Porto e Paulo Vinicius. Pilotos com todo o gabarito necessário para estarem nessa final e não deixaram por menos.

Foi uma prova que, com certa surpresa, transcorreu sem bandeiras amarelas em toda a sua extensão, ainda que com alguns acidentes, mas que não causaram transtornos em pista. A dupla do Corinthians, que não tinha nada com isso, iniciou um trabalho de estilingue, ou seja, um cedendo vácuo ao outro e os dois andarem mais rápidos com isso. Isso e um trabalho de box milimétrico, fizeram os dois pilotos abrirem uma distancia enorme perante a concorrência e, com a ausência de amarelas, a disputa pelo titulo ficou entre os dois pilotos.

Assim, a vitória e o titulo ficou com Adriano Pinheiro. Um titulo indiscutível, do piloto que mais fez pontos durante a temporada. Adriano foi seguido pelo companheiro Rodrigo Franzoni e por Paulo Vinicius, que teve uma disputa final incrível com Pedro Gomes, que acabou vencendo por 13 centésimos de segundo.  Na entrevista, Adriano comentou “Quero parabenizar meus concorrentes diretos ao titulo. Fiz uma boa classificação e a corrida estou sem palavras. 500 Milhas sem amarelas… Parabenizar todos os pilotos que participaram da corrida. Eu e Franzoni abrimos em relação aos outros trabalhando no vácuo e decidimos anteriormente que se estivéssemos nessa situação, o Franzoni me ajudaria a ser campeão aqui. Sobre o campeonato, começamos desacreditados, com setups comerciais e durante o ano descobrimos que poderíamos chegar em boas condições. A chegada do Franzoni me ajudou a melhorar muito como piloto. E, como forma de desabafo, cometi um acidente logo na largada da primeira corrida do campeonato. Foi dito que eu tive problemas com equipamento, mas a verdade foi que errei e me desculpei com todos. Fiz questão de assumir o erro, eliminar a hipótese de problema no equipamento. Eu tive um problema com minha fobia e uma crise de acabou atrapalhando bastante naquele dia. Me senti muito mal naquele dia e me desculpei ate com o (Rodrigo) Munhoz e que iria me fortalecer e virar o jogo. Me fortaleci e virei esse jogo, com a ajuda dos meus companheiros, com bons resultados em outras ligas e eventos oficiais. Honestidade, reconhecer os erros e os méritos dos outros, ser verdadeiro. Essa é a chave do sucesso. Estou muito feliz pelo campeonato que fiz e agora é só comemorar. Agradecer ao (Rodrigo) Konig e ao Beto (Soussa) por me deixarem representar o Corinthians”.

E dessa forma, termina o primeiro anual de Indy virtual do Brasil com setup aberto. Vimos de tudo nessa temporada, onde os melhores pilotos virtuais da categoria participaram e trouxeram sempre excelentes corridas. Um campeonato incrível, que merece ser lembrado e que, esperamos todos, volte com força no ano que vem. Deixo um agradecimento a todos os pilotos e equipes que investiram nesse certame, ao Bandsports que cede seu espaço no Youtube e ao canal Combrasil, que nos retransmite em sua programação.