18 de janeiro de 2021

Virtual Challenge eSports

O seu desafio no Automobilismo Virtual é aqui!

Barbugli repete a dose e vence em Lanier

Marcos Bicca e Jr. Borborema fecham top-3 da primeira prova brasileira na terra

Por Daniel Balsa

Um dia histórico para o automobilismo virtual brasileiro com a transmissão da primeira corrida em oval de terra. Um momento diferente com um formato não-usual igual. A terceira etapa da Diecast & Collectables no Lanier National Speedway começou com três heats eliminatórias, que classificaria os cinco primeiros de cada uma delas para a grande final.

Após os 10 minutos de cada heat, a final foi formada por Tiago Godoy, Bruno Barbugli, Marcos Bicca (os vencedores das eliminatórias), Júnior Borborema, Diego Moraes, Edgar Montelo, Marcelo Colombo, Rafael Hubie, Jeff Foitte, Daniel Balsa, Carlos Luciano, Alex Montoanelli, JC Nóbrega, Jair Oliveira e Yurem Rubens. Estes deixaram de fora nomes como Cristiano Cangani, Carlos Maciel, Miguel Paludo, Diego Coelho, Pedro Humenhuk, Tiago Vieira e Marcelo Fernandes, que junto com os outros eliminados disputaram a final B, que classificaria do 16º para trás.

Com 30 minutos de duração e bandeira amarela em toda a pista, a corrida na terra teve muitos toques – como era de se esperar -, mas poucas intervenções do safety truck (com seis entradas na pista, número razoável).

O grande vencedor, repetindo a vitória da última semana, foi Bruno Barbugli, que saiu na frente e só foi ameaçado por Alex Montoanelli durante a prova. Ainda teve o trabalho facilitado após a desconexão do seu rival. “As relargadas sempre estavam difíceis na inside e ele pegou a manha mais por fora e conseguiu para me passar algumas vezes. Na última relargada me aproveitei disso, assumi a liderança e fui até o final. Uma pena a desconexão dele, infelizmente temos esses poréns”, destacou.

Barbugli também revelou que o lado mental foi fundamental. “A pole me deixou mais tranquilo, pois ia andar de cara para o vento. Apesar dos ritmos diferentes, a pista é difícil de passar”, disse.

A segunda posição ficou com Marcos Bicca, apesar de ter se envolvido em alguns incidentes. “Acho que se eu não diminuisse o Force Feedback, ia cansar mais que o kart (risos). Cansa bastante, o tempo inteiro corrigindo o volante. Eu percebi que era muito rápido na eliminatória, mas na primeira volta da final eu tomei um toque e fui no muro. Aqui era difícil conquistar muitas posições, então fui subindo aos poucos, mas acabava me envolvendo em incidentes em que não era culpado. Cheguei em cima do laço e ainda consegui me divertir bastante”, revelou o segundo colocado.

A terceira posição ficou com um piloto que tem se destacado pelas lives em dirt oval, Júnior Borborema. Apesar desse treino, a ajuda não foi tanta quanto se esperava” Ajudou um pouco, pois o carro é totalmente diferente. A Truck de pneu slick escorrega mais e destaca mais a habilidade do pilotos. Tinha muita gente forte e espero que a próxima na terra tenham os pneus certos, pois o pessoal vai gostar muito. Quando vi que não tinha ritmo para ganhar, fui na segurança mesmo. Tive muitas disputas e toques com todo mundo, o que a gente já sabia que ia acontecer. Pensei mais no campeonato e o terceiro lugar vale muito para o título”, afirma o novo líder do campeonato, que viu seu maior rival até aqui, Danilo Coelho, não classificar para a final.

A quarta colocação foi de Diego Moraes, que trouxe com ele Tiago Godoy, o melhor novato da noite. “Vim para o oval e acho que agora estou mais oval do que road. Essa transição é legal. As táticas de oval são mais complexas, então to aprendendo com a galera da Countdown”, aponta.

A sexta posição ficou com Edgar Montelo, seguido de Jair Oliveira. Marcelo Colombo foi o oitavo, com Yurem Rubens e Carlos Luciano, o melhor novado do campeonato, fechando o top 10. Da 11ª à 15ª posição, ficaram Jeff Foitte, Daniel Balsa, JC Nóbrega, Alex Montoanelli e Rafael Hubie.

A próxima etapa da Diecast & Collectables Truck Series será na short track de USA Internacional, trazendo um novo desafio para o campeonato.