5 corridas, 5 vencedores – Guimaraes supera Yurem e conquista Milwalkee

A Milwalkee 225 foi o palco da quinta etapa da Indy Bandsports Legends, realizada neste sábado (19). A alta velocidade dos carros da Indy, aliada à forte turbulência gerada pelos monopostos e à pista curta ocasionou diversos acidentes, certo? Errado! A corrida foi uma das melhores da temporada, com stint que chegou a superar 100 voltas.

A corrida teve um início muito tumultuado. A primeira bandeira amarela saiu logo na largada, quando somente quatro carros haviam cruzado a linha de chegada. Desatentos, alguns pilotos pararam nos boxes e já tomaram volta, enquanto outros tomaram bandeira preta já na relargada.

Os pilotos que ficaram atentos a essas nuances tiveram um caminho e tanto para obter um bom resultado. Um deles era Victor del Porto, que vinha em um ritmo alucinante e surgia como favorito à vitória, mas um incidente fez com que ele abandonasse a prova.

Thiago Peres, Yurem Rubens, Bruno Miranda, Bruno Vasconcellos e Carlos Guimaraes despontaram como candidatos à vitória. Vez com duelos na pista, ora com estratégias diferentes, eles se revezavam na primeira colocação. Na reta final da prova, Bruno Vasconcellos tinha boa vantagem para os demais e parecia ficar com a vitória. Porém, o piloto da Corinthians Rally Team não conseguiu negociar tão bem uma ultrapassagem sobre um retardatário e perdeu a posição de honra para Guimaraes e Yurem.

Os dois tiveram um duelo interessante pela vitória, mas a experiência do piloto da Sinister contou e foi para a victory lane pela primeira vez no campeonato – que até aqui não teve vencedores repetidos.

“Não consegui treinar muito, mas achei um traçado bacana. Minha corrida foi tentar acompanhar o Victor, até que ele se envolveu em um enrosco e herdei essa posição de ponteiro. Quando você tem a cara para o vento, tem uma variação maior. Quem está atrás sofre mais. Estou muito feliz, pois faz tempo que não ganhava uma corrida aqui”, afirmou Guimarães.

“Foi uma corrida digna de filme. Eu comecei a corrida dos boxes, mas na hora da saída do pit deu amarela e já estava uma volta atrás. Tive de me recuperar na barra e cada ultrapassagem era uma conquista. Tudo o que aconteceu na corrida me favoreceu, tive essa sorte”, disse Yurem Rubens.

Apesar de ter liderado a prova no final, Bruno Vasconcellos comemorou o fato de ter alcançado mais um pódio.  “Estar aqui com esses pilotos é uma grande satisfação. Esse grid é fantástico, com gente do mais alto nível. Eu comecei a corrida frustrado pelo incidente no começo, mas fui para recuperar. No final eu arrisquei ficar na pista, tive um problema com um retardatário… depois de estar voltas atrás, chegar no pódio é muito bom”, declarou.

Miranda e Peres completaram o top 5, à frente de Paulo Vinicius que chegou em sexto e foi o último na volta do líder. José Pinho foi o sétimo e Silvio Sanchez, com a oitava posição, se manteve na frente no campeonato. Beto Soussa e Rodrigo Favoretto completaram o top 10.

A Indy Bandsports Legends volta somente no próximo dia 16 de novembro, com a segunda etapa em circuitos mistos. O duelo será no mítico circuito de Watkins Glen.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *