25 de julho de 2021

Virtual Challenge eSports

O seu desafio no Automobilismo Virtual é aqui!

Barbugli vence a OSRAM Kentucky 200 e leva prêmio pra casa

A OSRAM Kentucky 200, certamente, está entre as melhores provas dessa temporada. Foi um prato cheio para os fãs de Nascar, que puderam ver um pouco de tudo: bandeira amarelas e acidentes no começo, dois longs runs eletrizantes, parada em verde, big one no fim… ou seja, um pouco de cada coisa.

O que não mudou muito foi Bruno Barbugli na dianteira da prova. Foram 109 voltas de cara pro vento – só ficando atrás quando parou nos boxes em bandeira verde. Tamanho domínio foi confirmado com a vitória na etapa, sendo o primeiro piloto a vencer duas vezes no campeonato e, de quebra, levou pra casa um kit de lâmpadas automotivas oferecidos pela OSRAM.

“Desde a largada eu vim com cara limpa e depois da parada em verde misturou um pouco. Poderia ser interessante se ficasse em verde até o fim, pois seriam ainda mais disputas. Porém, nessa hora eu me mantive paciente e sabia que tinha treinado. Feliz por voltar a vencer”, destacou o vencedor.

A segunda posição ficou com Jr. Borborema, novo líder do campeonato (sem contar os descartes). O piloto ainda contou com a sorte de ver Romar Arns abandonar logo no início da corrida após ser vítima de um acidente.

“Eu tentei forçar ao máximo no começo pra ter vantagem, pois vi que não tinha ritmo no long run. No fim, vieram as amarelas e me ajudaram bastante. Essa segunda posição tem gosto de vitória, pois vou subir no campeonato e assumo a liderança”, afirmou Bigode.

A terceira posição ficou com Leo Mori, que compete diretamente do Japão. Apesar do calor que deu nos dois primeiros, problemas no fim fez com que andasse o último stint com pneus mais gastos.

“Não estava confiante no começo com o carro, então fui bem tranquilo, conservador. Sabia que anoitecendo o carro ia melhorando. Comecei a ganhar confiança, andando no ritmo deles (Barbugli e Borborema). Depois das paradas em verde, deu uma amarela e acabei voltando no meio do pelotão. Na relargada, freei pra não bater em um piloto e fiquei mais pra trás. No fim, tentei arriscar, não parei nos boxes, e não consegui disputar a vitória com os pneus ruins”, disse.

Laercio Leite – pra variar – chegou em mais um top 5, o quinto dele na competição, com a quarta posição, à frente de Alysson Pereira. Victor Del Porto foi o sexto, enquanto Carlos Luciano ficou em sétimo, mas foi um dos sortudos que levaram um kit de lâmpadas OSRAM pra casa.

Marcio Caetano chegou na oitava posição, à frente de Jeff Foitte e Mike Ramos. Ficar fora do top 10 pode ter chateado Michel Battiston, mas o piloto da Sub Racing foi o ganhador do terceiro kit OSRAM.

A próxima etapa promete desafiar os pilotos, com as 63 voltas do circuito misto de Watkins Glen. Promessa de pista quente na próxima quinta-feira (18).