26 de julho de 2021

Virtual Challenge eSports

O seu desafio no Automobilismo Virtual é aqui!

Em Glen, Parra, Anthony e Kilmany repetem vitória na SimPad Cockpits Multiclass 120

Por Ricardo Arcuri

Passamos por mais uma etapa da Simpad Multiclass 120, dessa vez em outro icônico circuito da Endurance americana: Watkins Glen. Este que é a Meca dos fãs de “road” dos EUA, que as vezes, viajam o pais todo e acampam por la para acompanhar as provas de diversos tipos de carros, que vão desde os carros de rua ate aos NASCAR.

Logo na largada, já foi bem agitada, com o pole position Tom Bazley estranhamente largando muito mal e perdendo varias posições e com outro favorito Joao di Gregorio tendo uma batida lateral, que acabou o fazendo perder algumas posições também. Com isso, Wendel Parra, vencedor da ultima prova na LMP2, disparou na frente.

Apesar de não termos disputas pela liderança, a corrida pelas próximas foi bem quente. Tom Bazley querendo recuperar o prejuízo a todo custo; Joao di Gregorio tentando compensar um erro no primeiro pit stop, onde sem querer trocou um pneu apenas e seu carro fez todo o segundo stint terrível de controlar; além de Lorenzo Roth, piloto experiente trazido pela Kings of Asphalt, companheiro de Parra, que andou boa parte do tempo em segundo lugar.

No final, Wendel Parra cruzou a linha de chegada em primeiro, seguido de João di Gregorio e com Tom Bazley fechando o pódio. Lorenzo Roth ficou com o premio Hyped, de destaque da prova.

Na GTE, observando os tempos de qualificação, esperava por mais disputas, pois estavam todos bem juntos. E, se levarmos em consideração as outras categorias, foi a mais apertada. Ainda assim, o atual líder da temporada Anthony Souza pegou a liderança, não perdeu mais e começa uma verdadeira dinastia, vencendo as três etapas do campeonato realizadas ate agora. Anthony foi seguido por Rafa Garcia em segundo e com Rafael Russo fechando o pódio.

Na GT3, outra categoria que vem sendo dominada por apenas um nome e que, na ultima prova, não foi diferente. Kilmany Souza (que nos foi apelidado de Winmany, mas preferiu manter o “Kil” no nome) venceu com sobras. Kilmany foi seguido por Alvaro Rocha e com Fabiano Lima fechando o pódio. Leandro Daminelli, atual líder da temporada, se viu envolto a problemas de conexão (que o deixaram fora por uma volta) e com batidas. Terminou na quarta posição, mas ainda lidera com uma margem de 14 pontos sobre Kilmany, que não competiu a primeira etapa. A próxima etapa será no dia 5 de maio, no circuito de Road Atlanta. Tal pista é conhecida no Endurance como “Petit Le Mans” (pequena Le Mans), por ser uma corrida de 10 horas de duração. Por ser uma versão mais curta, Eu e Yuri Queiroga apelidamos essa prova como “Beaucup Petit Le Mans” (muito pequena Le Mans). Um traçado bem mais técnico que as ultimas corridas, mais difícil de passar e mais demandante do carro e do piloto. Mal posso esperar e espero que estejam conosco.