30 de setembro de 2020

Virtual Challenge eSports

O seu desafio no Automobilismo Virtual é aqui!

Romar Arns domina a Milha Monstro e vence a 3ª na VC Cup Series

Emoção não faltou na etapa de Dover, a penúltima da temporada regular da Virtual Challenge Cup Series, campeonato de automobilismo virtual disputado com os carros e pistas da NASCAR. O que se viu foi uma alternância sem fim de estratégias, movimentando bastante as primeiras colocações. Claro que a Milha Monstro proporcionou alguns acidentes, levando mais um ingrediente a ser considerado pelos pilotos. Em meio a tudo isso, quem se deu melhor foi Romar Arns, que chegou a sua terceira vitória no campeonato.

Romar foi um dos destaques da corrida realizada em maio na mesma pista. Vinha dominando a prova com boa vantagem, mas acabou acertado por um retardatário e ficou pelo caminho. Dessa vez, a história teve final feliz, mesmo largando somente da 21ª posição – o que não é muito comum para o piloto que mais poles fez no campeonato.

Por largar lá atrás, Romar viu um começo muito bom de Miguel Paludo e de seu companheiro de equipe, Renato Tamburini. Os dois vinham duelando pelas primeiras colocações, mas com o pentacampeão da Porsche Carrera Cup na primeira posição. Porém, em uma relargada, Paludo destracionou e, por uma falha do simulador, Tamburini acabou sendo punido com um stop & go, o que o jogou para o final do pelotão.

Nesse momento, Gabriel Mauricio apareceu para assumir a liderança e levar o primeiro estágio – além de pontos importantes para os playoffs. Só que como ele e boa parte dos pilotos ainda não tinham trocado pneus por conta da pontuação do segmento, as estratégias variadas começaram ali – aqui também é importante destacar que a competição tem limite de jogos de pneus, apimentando ainda mais essa disputa.

Mauricio, Paludo e companhia foram ficando para trás. Marcos Bicca foi quem surgiu para assumir a liderança, com nomes como Romar, Yurem Rubens, JC Nóbrega e Rafael Trindade aparecendo na disputa.

Nessa alternância de estratégias, Romar assumiu a liderança no fim, com Rafael Trindade, Renato Tamburini (que conseguiu uma excelente recuperação após estar três voltas atrás do líder) e Gabriel Mauricio logo atrás. Mais atrás estava Marcos Bicca, que optou por trocar pneus nas últimas amarelas. Na prorrogação, Romar segurou o ímpeto de Trindade, que viu um three-wide se formar junto de Mauricio e Bicca, mas o espaço reduzido da pista em Dover não permitiu que os três seguissem até o final.

Romar, claro, celebrou a vitória, mas revelou que a estratégia da Escuderia Sul-Brasil era o trabalho para a vitória de Tamburini. “Não vou mentir que a torcida era para o Renato. Ele tava muito rápido, melhor do que eu no long run, mas infelizmente teve a posição e ele não conseguiu chegar para ficar com a vitória”, disse.

No final da corrida, Trindade se envolveu em um lance polêmico com Romar, no qual deu um bump and go, quase rodando o piloto do #25, que viu uma bandeira amarela entrar e o manter na primeira colocação. “O lance ali foi típico da NASCAR. Eu vinha forte, ele me fechou e no final não dá pra aliviar, ninguém alivia”, comentou.

Terceiro colocado no pódio, Gabriel Mauricio também falou sobre um lance polêmico: o three-wide no final, que lhe garantiu a terceira colocação, mas fez Bicca cair algumas posição. “Querem colocar três lado-a-lado em Dover e não querem arcar com as consequências. Estou sempre tomando porrada e isso vai ter de mudar”, concluiu.

Renato Tamburini conseguiu a quarta colocação, muito importante para a classificação por pontos do campeonato – atualmente, ele é o piloto fora dos playoffs na tabela de pontuação, com J.C. Nóbrega fechando em quinto, na frente de Marcos Bicca. Vale destacar que esses dois últimos disputam a primeira colocação da temporada regular, com vantagem de 9 pontos para Nóbrega. T.R Vieira, Luis Bezerra, PC Villas Boas e Alysson Pereira completaram o top 10.

A próxima etapa será a última da temporada regular e vai definir os 16 que vão ao chase. O palco será Daytona, onde tudo pode acontecer, na próxima segunda-feira (31), a partir das 20h30.