13 de abril de 2021

Virtual Challenge eSports

O seu desafio no Automobilismo Virtual é aqui!

Ralph Benitez emociona após faturar o bicampeonato do Bandsports F3


O Bandsports F3 se tornou tradicional por reunir os melhores pilotos virtuais da categoria, sempre com disputas equilibradas e a decisão do campeonato ficando para a última corrida. A terceira temporada, porém, teve a escrita quebrada e o campeão foi decidido na penúltima etapa.

Campeão não, bicampeão. Ralph Benitez fez duas baterias sem erros, terminou em segundo e primeiro, ainda contou com alguns erros de Suellio Almeida para conquistar mais um troféu do Bandsports F3 na etapa de Monza, a quinta do certame.

Na entrevista, Ralph não escondeu a emoção, em um dos momentos mais marcantes do campeonato. “Quem é meu amigo sabe que eu quase não corro hoje. Encerrando aqui eu vou ao hospital ver meu pai, que não está muito legal. Eu confesso que só queria terminar a corrida, pois tinha uma boa vantagem no campeonato. Ia fazer meu ritmo, mas não iria forçar, se colocassem de lado, ia deixar passar. Mas hoje deu tudo certo. Na primeira corrida era impossível pegar o Flavinho, mas na segunda consegui no final assumir a liderança. Estou muito feliz, por tudo o que está acontecendo, me emocionei como nunca antes”, declarou o bicampeão.

A primeira bateria foi totalmente dominada por Flavio Dantas, que fez a pole e desde o início foi abrindo nas primeiras colocações. Ralph Benitez logo foi para a segunda colocação, enquanto Suellio Almeida acabou ficando mais para trás. O piloto da EG Racing conseguiu chegar na terceira colocação, após superar um duelo quase infindável com Nathan Brito – este foi aquele que mais disputou posições, visto que depois precisou segurar a quarta colocação com muito afinco, sempre ameaçado por Waldemar Cardella, Evandro Marques e Luciano Lourenço.

Já a segunda bateria teve Evandro Marques na primeira colocação logo no início, com Suellio Almeida se enroscado com Flavio Dantas e Ralph Benitez galgando as posições aos poucos. Outro nome de destaque foi Diego Acebedo, que caiu para a última colocação na largada e também foi ganhando as posições volta a volta.

No último giro, com o título já nas mãos, fez a manobra e assumiu a liderança, porém, foi acertado por Evandro Marques, que teve o fair play e devolveu a posição para Ralph cruzar a linha na frente e faturar o campeonato. Um punição anterior fez com que Evandro ficasse mais para trás e a segunda colocação ficou com Ricardo Bizotto e Acebedo completou os três primeiros.