28 de maio de 2020

Virtual Challenge eSports

O seu desafio no Automobilismo Virtual é aqui!

Sergio Sette Câmara vence abertura da Fastcast F3

Fazendo mistério sobre o futuro nas pista, piloto estreia em competições de automobilismo virtual com vitória



Entre os pilotos brasileiros, Sergio Sette Câmara é o que mais os fãs aguardam uma posicionamento para saber qual será seu rumo na temporada de 2020. Ficar na F2 não parece ser mais uma opção, enquanto uma vaga para ser reserva na Fórmula 1 ou disputar a Fórmula Indy surge no horizonte.

Enquanto não tem seu futuro revelado, o piloto utiliza os simuladores para manter a forma. Nesta quinta-feira (23), ele se arriscou em meio às feras do automobilismo virtual e mostrou o seu apurado dom no simulador iRacing.

Aceitando o desafio de última hora para representar a SUB Racing na Fastcast F3 da Virtual Challenge, fez o Grand Chelem – pole, vitória, liderança de todas as voltas e melhor volta da corrida – em Spa-Francochamps. Um show à parte durante os 40 minutos de prova!

“Foi tudo muito rápido! Aceitei o convite do Nathan Brito, meu companheiro de equipe, e a organização se apressou e deixou tudo pronto para que eu pudesse participar, assim como o Gabriel Bortoletto. Foi muito divertido! Eu ando de F3 no iRacing faz tempo, mas esses novos pneus têm maior degradação, então o carro fica mais difícil de guiar, sobretudo no final”, revelou.

Ao ser perguntando sobre os planos para 2020, foi interrompido por Nathan: “a gente já tentou tirar isso dele. Ele não fala nem a pau”, riu o piloto virtual. Sergio destacou que ainda não tem nada que pode revelar, mas espera anunciar em breve as novidades para 2020.

Outros dois nomes do automobilismo real estiveram na pista, mas não com a mesma sorte. Gustavo Bortoleto, piloto da F4, e Marcelo Battistuzzi, ex-pupilo de Alain Prost, estiveram envolvidos em acidentes na primeira curva.

Na corrida, quem chegou mais perto de tirar a vitória de Sergio Sette Câmara foi Matheus Narciso, da L1 e-Sports MV Pack, que cruzou a linha de chegada na segunda posição, logo à frente de Nathan Brito.

“Eu já fiz algumas corridas e disputei contra o Nathan. Imaginava que estaríamos bem perto nessa prova. Estou me acostumando com o carro, então perdi a concentração em alguns momentos. Foi uma corrida muito boa mesmo e o resultado também, afinal a P1 seria bem difícil com o Sergio na pista”, destacou Matheus.

“No começo eu estava um pouco mais distraído, então o Narciso se aproveitou. A corrida inteira ficamos entre dois segundos de diferença, mas para passar eu precisaria estar em meu ritmo perfeito”, declarou Nathan.

Wesley Batista ficou com a quarta colocação, à frente de Gustavo Parreira e Adriano Guimarães.  Franklin Souza, que precisou fazer um pit stop, se recuperou e conseguiu a sétima posição, superando Pedro H. Gomes. Reinaldo Augusto e Danilo Coelho fecharam o top 10.


A segunda etapa da Fastcast F3 da Virtual Challenge está marcada para a próxima quinta-feira (30), à partir das 21h, na pista australiana de Philip Island.