28 de maio de 2020

Virtual Challenge eSports

O seu desafio no Automobilismo Virtual é aqui!

Com presença de Massa, Barrichello e Nasr, Drugovich e Coelho vencem em Spa

A segunda etapa do Desafio Virtual das Estrelas contou com 40 pilotos, incluindo três brasileiros que juntos marcaram 25 anos da F1 (1993-2017), caso de Rubens Barrichello, Felipe Massa e Felipe Nasr. Os três, que somam mais de 630 GPs disputados, aceleraram na noite de ontem na pista de Spa-Francorchamps com vários destaques do automobilismo como F2, F3, F4, Indy, Stock Car, Truck, WEC e kart, todos competindo com o F3 da plataforma iRacing usando o mesmo set up fixo. A vitória foi de Felipe Drugovich (F2) na primeira corrida, ampliando sua liderança no campeonato, e Edson Coelho (Stock Light) na segunda prova.

Organizado pelos pilotos Enzo Fittipaldi e Dudu Barrichello e com apoio da Virtual Challenge e agência RF1, o Desafio Virtual das Estrelas teve início na semana passada com a etapa de Laguna Seca e, assim como na abertura, a prova de Spa foi exibida no YouTube, incluindo canais como Acelerados, Band Sports, F1 Mania e High Speed, totalizando mais de 40 mil visualizações.

A prova em Spa foi marcada por duelos de diversas gerações e categorias, dos mais veteranos até os mais jovens talentos do kart, como Miguel Costa, Enzo Vidmontiene e Ricardo Gracia. Um dos grupos de destaque nas provas foi o de pilotos aspirantes a uma vaga na F1 e Indy: Pietro Fittipaldi, Felipe Drugovich, Enzo Fittipaldi, Matheus Leist, Dudu Barrichello, Kiko Porto, Caio Collet e Gabriel Bortoleto. Esses pilotos estiveram em constante disputa dentro do top-10 nas duas corridas e mostraram que aceleram forte tanto na pista real quanto na virtual.

Vários grandes nomes do automobilismo nacional também estiveram na disputa, caso dos últimos três campeões da Stock Car: Daniel Serra (2017, 2018 e 2019), Felipe Fraga (2016) e Marcos Gomes (2015). Outros pilotos com histórico na principal categoria do Brasil também competiram: Guilherme Salas, Vitor Genz, Guga Lima, Pedro Cardoso, Nonô Figueiredo, Lukas Moraes e Beto Monteiro, sendo este último o atual campeão da Copa Truck.
Leo Lamelas (IMSA) e Miguel Paludo (Nascar e Porsche Cup), pilotos de turismo com carreira nos EUA, também participaram. Nathan Brito (Sprint Race), Edson Coelho (Stock Light) e Matheus Battistini (F-3000) representaram os pilotos que são profissionais no virtual e também nos autódromos. Com bastante experiência na plataforma iRacing, Ralph Benitez, Diego Acebedo, Rafael Matta e Cristiano Bohessef eram os pilotos que lideram os campoeonatos virtuais e garantiram vaga no Desafio.
A segunda etapa também foi marcado pela presença de jornalistas e influenciadores no grid. Com conquistas na Sprint Race, Cassio Cortes e Gerson Campos representaram também o time do Acelerados em Spa, além de Thiago Alves (Fox Sports), Stereo Online (youtuber) e Miguel Bento (youtuber).

Na primeira corrida, Felipe Drugovich largou na pole position e dominou mais uma vez a corrida, assim como havia feito nas duas provas da etapa de abertura em Laguna Seca. Com sua terceira vitória no campeonato, ele segue na ponta da tabela. Ainda na primeira prova, Gabriel Bortoleto e Caio Collet completaram o pódio com o segundo e terceiro lugares, respectivamente. Dudu Barrichello e Kiko Porto fecharam o top-5 apenas com jovens talentos que sonham com a F1. Rubens Barrichello foi o oitavo colocado na primeira prova.

Com a inversão do top-10 do resultado da corrida 1 para o grid da corrida 2, Guilherme Salas largou na pole position, mas uma confusão ainda nas primeiras curvas acabou prejudicando sua corrida. Quem aproveitou bem foi Edson Coelho, que foi o sexto colocado na corrida 1 e venceu a segunda prova e garantiu seu segundo pódio no campeonato, já que ele também havia ficado entre os três primeiros na etapa de abertura.

Dudu Barrichello foi o segundo colocado e Suellio Almeida também subiu no pódio com o terceiro lugar após ter sido sétimo na corrida 1. Kiko Porto novamente esteve novamente entre os primeiros com a quarta posição e Rafael Matta completou o top-5.

As disputas no pelotão entre sexto e décimo colocados foram as melhores da corrida 2. Piloto de testes da Haas na F1, Pietro Fittipaldi conseguiu o sexto lugar, seguido de perto pelo jovem Miguel Costa (que, com apenas 11 anos, já integra o programa de jovens talentos da Sauber, ligado à Alfa Romeo na F1). Matheus Leist ficou em oitavo, Ralph Benitez em nono e Enzo Fittipaldi completou o top-10.

Inspirados no “Race for the World”, ao longo da competição, os pilotos ajudam a promover doações para a campanha “Unidos contra Covid-19″, promovida pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz), dando caráter beneficente ao evento. Todos os pilotos e organizadores estão promovendo o evento de forma gratuita e trabalhando para arrecadar doações pelo link: https://fiocruz.colabore.org/combateacovid19/single_step

A terceira etapa do Desafio Virtual das Estrelas será disputada na próxima quarta-feira (29), às 20h.

Grid completo do Desafio Virtual das Estrelas (corrida 1):
1 – Felipe Drugovich (F2)
2 – Caio Collet (F-Renault)
3 – Guilherme Salas (Stock Car)
4 – Cristiano Bohessef (Piloto virtual)
5 – Gabriel Bortoleto (F4)
6 – Ralph Benitez (Piloto virtual)
7- Vitor Genz (Stock Car)
8 – Edson Coelho (Stock Light)
9 – Eduardo Barrichello (USF2000)
10 – Matheus Leist (Indy)
11 – Kiko Porto (USF2000)
12 – Flávio Dantas
13 – Rubens Barrichello (F1 e Stock Car)
14 – Rafael Matta (Piloto Virtual)
15 – Enzo Fittipaldi (F3)
16 – Suellio Almeida (Piloto virtual)
17 – Felipe Fraga (WEC e Stock Car)
18 – Felipe Massa (F1 e Formula E)
19 – Pedro Cardoso (Stock Car)
20 – Miguel Paludo (Nascar e Porsche Cup Brasil)
21 – Miguel Costa (Kart)
22 – Beto Monteiro (Copa Truck)
23 – Marcos Gomes (Stock Car)
24 – Diego Acebedo (Piloto virtual)
25 – Pietro Fittipaldi (F1 e Indy)
26 – Felipe Nasr (F1 e Indy)
27 – Marcelo Battistuzzi (F-3000)
28 – Miguel Bento (Piloto virtual)
29 – Lukas Moraes (Stock Car)
30 – Nonô Figueiredo (Stock Car)
31 – Leo Lamelas (IMSA)
32 – Thiago Alves (virtual e jornalista)
33 – Enzo Vidmontiene (Kart)
34 – Nathan Brito (Sprint Race)
35 – Pedro Henrique Moisés
36 – Daniel Serra (WEC e Stock Car)
37 – Stereo Online (virtual e Youtuber)
38 – Cassio Cortes (Copa HB20)
39 – Ricardo Gracia (Kart)
40 – Gerson Campos (Sprint Race)

Resultado da corrida 1 (top-10):
1 – Felipe Drugovich (F2)
2 – Gabriel Bortoleto (F4)
3 – Caio Collet (F-Renault)
4 – Eduardo Barrichello (USF2000)
5 – Kiko Porto (USF2000)
6 – Edson Coelho (Stock Light)
7 – Suellio Almeida (Piloto Virtual)
8 – Rubens Barrichello (F1 e Stock Car)
9 – Cristiano Bohessef (Piloto virtual)
10 – Guilherme Salas (Stock Car)


Resultado da corrida 2 (top-10):
1 – Edson Coelho (Stock Light)
2 – Eduardo Barrichello (USF2000)
3 – Suellio Almeida (Piloto Virtual)
4 – Kiko Porto (USF2000)
5 – Rafael Matta (Piloto Virtual)
6 – Pietro Fittipaldi (F1 e Indy)
7 – Miguel Costa (Kart)
8 – Matheus Leist (Indy)
9 – Ralph Benitez (Piloto virtual)
10 – Enzo Fittipaldi (F3)