13 de julho de 2020

Virtual Challenge eSports

O seu desafio no Automobilismo Virtual é aqui!

Romar Arns vence a eSports 500 Milhas de Indianápolis

OS 33 melhores pilotos de Fórmula Indy virtual do Brasil disputaram neste sábado (13) a eSports 500 Milhas de Indianápolis, uma reprodução eletrônica daquela que é apontada como uma das maiores provas de automobilismo do mundo, organizada pela Virtual Challenge. Esta foi a quarta Indy 500 realizada pela empresa de eSports e, certamente, a melhor disputada até aqui. Longos stints em verde, um número reduzido de acidentes e emoção até a última curva definiram a prova.

Classificado na bacia das almas – somente a 32ª vagas -, Romar Arns surpreendeu as feras da Indy. Reconhecido multicampeão de NASCAR, o piloto da Escuderia Sul-Brasil não pode ser considerada uma zebra na Indy, mas seu currículo na categoria não consta entre os mais expressivos. Após um início tímido, buscando manter seu equipamento inteiro, fez uma corrida digna de um campeão, atacando na hora da verdade, nas últimas das 200 voltas.

Uma bandeira amarela no fim fez com que muitos pilotos alternassem as estratégias, entre ficar na pista e parar nos boxes. Romar foi um dos que arriscou permanecer sem trocar os pneus. Teve uma última relargada, com quatro voltas para o final, perfeita. Abriu boa vantagem para os demais e, como grande campeão, contou com a sorte. Quando Eric Troyano se aproximou perigosamente, viu o piloto sofrer uma desconexão. Isso não significou uma vitória mais fácil, pois Allan Moreira veio logo atrás, com pneus novos, mas não conseguiu fazer a manobra para ficar com a vitória.

“Estava na estratégia da sobrevivência, poupando bastante equipamento. No final, como já tinha feito o pit, resolvi não entrar. Tinha uma galera atrás de mim, o que meu deu uma vantagem para os que trocaram os pneus. Muito feliz com essa vitória, mas o mérito é de todo mundo, pois fizeram uma grande corrida. Realmente, não esperava a primeira posição, mas logrei êxito. Muito feliz!”, celebrou o vencedor.

Allan Moreira lamentou não ter mais uma volta, pois com pneus mais novos, poderia ter ficado com a vitória. “Foi uma grande prova! Eu tive um problema em um determinado momento da prova em que desmarquei o combustível ao invés de ser o limpador do aeroscreen. Com isso, precisei na volta seguinte parar novamente e cai muitas posições. Vim recuperando e nesse final, se tivesse mais uma volta, acho que conseguiria levar a vitória”, destacou.

Vencedor das 500 Milhas de Indianápolis no Indy Bandsports Legends do último ano, Yurem Rubens conquistou mais um pódio na lendária pista. “Realmente, uma prova muito boa. Melhor do que a realização em dezembro do ano passado, quando ganhei a corrida, mas não tivemos uma disputa como essa. Uma pena eu ter chegado nessa terceira colocação após uma rodada minha, acionando uma bandeira amarela, mas muito contente pelo resultado”, falou o jovem, de apenas 19 anos.

Plinio Ferreira conquistou a quarta colocação, com Rafael Matta chegando em quinto. Carlos Aguiar ficou na sexta posição, à frente de Augusto Tristão e Paulo Ferrari. Bruno Risseto e Carlos Maciel completando o top 10.