Fernando Cardoso vence em Talladega

A penúltima etapa da M7 Help Volantes Truck Series foi disputada no superspeedway de Talladega, que faz com que a expectativa pelas bandeiras amarelas e big ones aumente. Bem, esses elementos até surgiram, mas menos do que o imaginado. Prova disso foi a parada em bandeira verde na primeira parte.

Diante destas circunstâncias, quem se valeu melhor da estratégia e de um bom trabalho de vácuo no final foi Fernando Cardoso, o grande vencedor da noite. No fim, após um toque com Bruno Barbugli, conseguiu vencer no superspeedway.

“Nesse tipo de pista não tem segredo. Tem de andar na frente para deixar dos acidentes, apesar de que eu não tava muito paciente hoje, tentei alguns 3-wides, mas faz parte. No final, eu queria ajudar o Bruno (Barbugli), acabei pegando na quina do carro dele. Fiquei mal por isso, então a comemoração foi comedida”, declarou Fernando.

A vitória chegou somente na linha de chegada. Enquanto era empurrado por Rafael Trindade, viu Thiago Vieira receber a ajuda de Guilherme Bianchini. No photo finish, Vieira ficou com a segunda posição e quase perdeu a terceira para Trindade.

“A primeira parte foi de muito respeito, com uma parada em verde, inclusive. Isso mexeu as coisas, as equipes conseguiram se agrupar e fazer um trabalho entre elas. No final, consegui me posicionar bem e vi alguns enroscos, carro voando… passei e tentei de todo jeito, mas o Fernando se defendeu muito bem”, disse.

Trindade bem que tentou no fim, mas não teve muito o que fazer na linha de chegada. “Consegui um qualy bom, então larguei na frente e andamos em muitas voltas em bandeira verde. Achei que daria bastante amarela, mas até foi bastante tranquila. No final, diante de todo o enrosco, tentei empurrar o líder e aguardar uma oportunidade para tentar a vitória. O Fernando fechou bem e parabéns pra ele”, finalizou.

Bianchini ficou com a quarta posição, Paulo Cesar Villas Boas fechou o Top 5. Marcelo Fernandes, que chegou a ficar uma volta atrás, terminou na sexta posição, com Luis Salmaso em sétimo. Leo Mori, Danilo Coelho e Allan Botelho fecharam o top 10.

Entre os cinco principais candidatos ao título, nenhum entre os 10 primeiros. O melhor posicionado entre eles foi Romar Arns, em 11º. Ainda sem contar os dois descartes, Jr. Borborema segue líder com 322 e vai para a última etapa com 17 pontos de vantagem para Laercio Leite. JC Nóbrega é o terceiro com 303, Romar 293 e Victor Del Porto com 281.

A última e decisiva etapa será na próxima quinta-feira (8), no oval de Michigan. Quem será que leva esse título?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *